A maior gestora independente de ETFs do Brasil.

Como investir o décimo terceiro salário?

Quer saber como e onde investir o seu décimo terceiro salário? Confira os investimentos que podem ajudar a construir patrimônio!

25 maio

  • aonde investir,
  • como investir dinheiro e ter lucro,
  • como investir meu dinheiro,
  • décimo terceiro como funciona,

3 MIN DE LEITURA

Por Equipe Investo

O pagamento do décimo terceiro salário é um momento muito esperado pelos trabalhadores que atuam sob o regime de Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Afinal, essa gratificação pode ajudar a quitar dívidas e cobrir os gastos de fim de ano.

Além disso, esse recurso financeiro pode ser utilizado para construir um patrimônio, contribuindo para uma vida financeira mais tranquila. Para tanto, é preciso investir esse capital segundo uma estratégia de investimentos eficiente.

Quer saber como você pode investir o seu décimo terceiro salário e fazer esse dinheiro render? Continue a leitura e descubra!

 

O que é e como funciona o décimo terceiro salário?

O décimo terceiro salário é pago pelas empresas aos seus funcionários, tendo caráter obrigatório. Dessa maneira, se o empregador atrasa ou não paga o benefício, ele pode ser autuado pelo Ministério do Trabalho ou ser alvo de uma ação judicial trabalhista.

O décimo terceiro corresponde a 1/12 dos ganhos do mês de dezembro multiplicado pelos meses trabalhados no ano. Nesse caso, entram no cálculo não apenas o salário, mas também as eventuais comissões e adicionais, como horas extras.

Para ter direito à bonificação proporcional mensal, o empregado deve ter trabalhado, pelo menos, 15 dias no mês. Além disso, as faltas injustificadas que resultem em menos de 15 dias trabalhados no mês invalidam o recebimento referente àquele período.

Por fim, vale saber que o pagamento do décimo terceiro pode ser realizado em cota única até o dia 30 de novembro ou parcelado em duas vezes. No segundo caso, a quitação da primeira parcela deve ser realizada entre 1 de fevereiro e 30 de novembro e a segunda até o dia 20 de dezembro.

 

Como saber se tenho direito ao décimo terceiro salário?

Após entender o que é e como funciona o décimo terceiro salário, você pode estar curioso para saber se tem direito à bonificação. Como você viu, todo profissional de carteira assinada deve receber o valor.

Os trabalhadores que estão afastados por acidente, doença ou licença-maternidade recebem pela empresa o proporcional dos meses trabalhados. Já a diferença dos valores é paga pelo INSS.

Em relação aos estagiários, por lei, eles não têm direito ao décimo terceiro salário. No entanto, se a empresa desejar pagar esse benefício, não há impedimento para isso.

 

Por que investir o décimo terceiro?

Agora que você já sabe se tem direito ou não ao décimo terceiro salário, deve ter em mente a importância de investir esse dinheiro. Afinal, muitas pessoas usufruem do capital nas festas de fim de ano, comprando presentes de Natal e fazendo viagens, por exemplo.

Segundo uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em 2022 as vendas de Natal devem movimentar R$ 66,6 bilhões na economia brasileira e levar 118 milhões de pessoas às compras.

Entretanto, se esses gastos não forem planejados, podem afetar a saúde financeira do indivíduo, que começa o próximo ano já com dívidas. Assim, é cada vez mais difícil construir um patrimônio e ter uma vida financeira mais estável.

Em contrapartida, se você se planeja para empregar seu décimo terceiro salário de maneira inteligente, o seu capital pode se multiplicar. Com isso, você pode alcançar as suas metas financeiras mais rapidamente e ter mais saúde financeira.

Nesse contexto, o investimento é o modo mais sensato para aplicar o décimo terceiro salário. Isso porque ele é capaz de aumentar esse montante por meio da ação dos juros compostos sobre os rendimentos ou pela valorização do ativo no mercado ao longo do tempo.

Dessa maneira, se você ainda não investe no mercado financeiro, o dinheiro extra no fim do ano ajudará a iniciar essa prática. Ao identificar as possibilidades de ganhos com o seu capital, você pode se engajar no propósito ampliar seu patrimônio.

Por outro lado, se você já investe no mercado financeiro, o décimo terceiro salário pode potencializar a sua estratégia. Afinal, o aporte frequente otimiza a ação dos juros compostos, acelerando o acúmulo de capital.

 

Como investir esse pagamento?

Após entender por que investir o décimo terceiro salário, você deve estar curioso para saber como realizar investimentos com esse montante. A seguir, será possível aprender como aplicar o seu capital.

Confira as principais dicas!

 

Faça um planejamento financeiro

O primeiro passo para investir o seu décimo terceiro é fazer um planejamento financeiro. Essa é uma ferramenta por meio da qual você organiza o destino do seu dinheiro. Nela, é preciso incluir o orçamento, ou seja, a relação entre ganhos e gastos em determinado período — geralmente, mensal.

Após pagar as suas despesas e os custos essenciais, você pode direcionar as quantias que sobram para realizar as suas metas financeiras. Porém, caso não haja esse excedente, é importante cortar gastos ou fazer renda extra para manter a saúde financeira.

No que se refere ao décimo terceiro salário, caso você já tenha um planejamento financeiro, não deixe de incluir o montante para entender como utilizar esse capital. E, se você não tiver montado o orçamento ainda, aproveite para criá-lo e, depois, planeje como usar a gratificação.

 

Quite as dívidas

Muitos brasileiros estão endividados. Dados de 2022 de uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostram que três em cada dez famílias do Brasil tinham dívidas. Com isso, o décimo terceiro acaba sendo uma oportunidade de quitar pendências.

Se você tiver dívidas, é importante incluir a quitação no seu planejamento financeiro. Isso porque os débitos se tornam empecilhos para a multiplicação do patrimônio, já que reduzem a quantia disponível para investir.

Ainda, caso você tenha valores em atraso, provavelmente há incidência de multas e juros, ampliando o total devido. Logo, é essencial quitar o montante para evitar um efeito bola de neve nas dívidas, gerando cada vez mais dificuldades financeiras.

Além disso, vale a pena prever os gastos de início de ano, como IPTU, IPVA, matrícula e material escolar, e utilizar o décimo terceiro para o pagamento dessas contas. Dessa maneira, você inicia o próximo ano sem dívidas, podendo aumentar os seus aportes mensais.

 

Conheça seu perfil de investidor

Após saber a quantia que você poderá investir do seu décimo terceiro, será o momento de começar a descobrir onde aplicar esse dinheiro. Para isso, é indispensável conhecer o seu perfil de investidor, que pode ser identificado por meio de um teste que mensura a sua tolerância aos riscos.

Então você pode entender o seu limite de riscos e buscar alternativas do mercado financeiro que se encaixam nele. Desse modo, é possível evitar a exposição a riscos desnecessários ou acima do seu nível de tolerância.

Existem três tipos de perfil de investidor:

  • conservador: prioriza a segurança, mesmo que as alternativas não gerem retornos tão interessantes;
  • moderado: apesar de buscar a segurança, é capaz de se expor a maiores riscos em prol de rentabilidades mais atrativas em parte da carteira;
  • arrojado: procura maior rentabilidade, mesmo que isso signifique se expor a riscos mais altos.

 

Defina seus objetivos financeiros

Os objetivos financeiros são as metas que podem ser realizadas por meio do investimento. Alguns exemplos desses propósitos são: a montagem da reserva de emergência, compra de uma casa, estudos dos filhos ou aposentadoria.

Definir suas metas é imprescindível para que você possa fazer melhores escolhas para a sua carteira. Isso porque os investimentos apresentam características que podem se alinhar melhor a determinados propósitos e horizontes de tempo.

Por exemplo, se a sua intenção é fazer um intercâmbio em 12 meses, pode ser interessante aplicar a quantia em um investimento seguro e que permita resgate antes desse período.

 

Monte uma reserva de emergência

A reserva de emergência é fundamental para ter mais tranquilidade financeira, pois ela é destinada a cobrir imprevistos — como perda de renda ou urgências médicas. Além disso, ela ajuda a proteger os seus investimentos, já que evita os resgates não programados que podem gerar prejuízos.

Portanto, se você ainda não tem a sua reserva, pode iniciá-la investindo o seu décimo terceiro salário. Vale lembrar que você não pode arriscar perder o dinheiro da reserva e deve ter esse montante disponível a qualquer momento.

Sendo assim, os investimentos que podem ser mais interessantes para deixar esse montante são aqueles com alta segurança e liquidez diária. Se você já tem a reserva, pode ser o momento de buscar ativos para realizar outros objetivos.

 

Onde investir o décimo terceiro salário?

Você acabou de aprender o que considerar para elaborar uma estratégia de investimentos eficiente. Agora, é o momento de descobrir onde investir o seu décimo terceiro salário para multiplicar o seu patrimônio.

No mercado financeiro, existem diversas alternativas e modalidades com características diferenciadas. Desse modo, é possível encontrar investimentos que se alinham aos mais variados objetivos financeiros, necessidades, horizontes de tempo e perfis de investidor.

Entre as alternativas disponíveis estão os exchange traded fund (ETF), ou fundos de índice. Por conta de suas particularidades e variedades de focos de investimentos, os ETFs costumam ser interessantes tanto para investidores iniciantes quanto para aqueles mais experientes.

Por esse motivo, independentemente do seu nível de aprendizado do mercado financeiro, vale a pena conhecer essa modalidade de investimento.

Acompanhe!

 

Conceito de fundos de investimento

Os ETFs são um tipo de fundo de investimento. Ou seja, um veículo de investimento formado pelo capital de diversos investidores. Dessa maneira, os fundos funcionam como uma espécie de condomínio, em que há uma administração e um gestor profissional.

É esse gestor quem decide para onde os recursos financeiros do fundo serão destinados, mas sempre conforme a política de investimento do veículo. Vale saber que existem diversos tipos de fundos de investimento, que variam com o foco ou método de alocação dos recursos.

Ademais, para participar de um fundo de investimento é necessário comprar cotas, por isso os investidores dessa modalidade são chamados de cotistas. Desse modo, ao adquirir cotas, você participa dos eventuais ganhos, assim como compartilha as possíveis perdas.

 

Funcionamento de ETFs

Como você viu, os fundos de investimentos se diferenciam pelas suas estratégias de investimentos. No caso dos ETFs, a tática consiste em espelhar a carteira teórica de um índice de referência, que é um parâmetro utilizado para acompanhar o desempenho do mercado.

Logo, o objetivo de um fundo de índice é conquistar uma performance parecida com a do indexador. Para isso, o gestor aloca os recursos financeiros do fundo nas mesmas alternativas e em proporções semelhantes aos ativos encontrados no portfólio teórico do indicador espelhado.

Como existem muitos índices que mensuram o desempenho de diversos segmentos do mercado, é possível encontrar ETFs que investem em alternativas variadas. Além de ações e títulos de renda fixa, por exemplo, os fundos de índice podem investir em criptoativos e ativos internacionais.

Assim, eles facilitam a diversificação da carteira e otimizam o potencial de rendimentos. Vale saber, ainda, que acompanhar a média do mercado com ETFs pode ser uma boa estratégia. O motivo é que, segundo estudos, boa parte dos fundos ativos costuma render menos que a média do mercado.

 

Principais ETFs do mercado para investir o décimo terceiro salário

Depois de saber mais sobre os ETFs, é possível que você esteja interessado em conhecer essas alternativas para investir o seu décimo terceiro salário. A seguir, você conhecerá alguns dos principais fundos de índice disponíveis na bolsa de valores brasileira (B3).

 

ETF de renda variável

WRLD11

É um ETF que replica no Brasil o já mundialmente conhecido ETF VT (Vanguard Total World Stock), listado na Bolsa de Nova Iorque. Nos Estados Unidos, o VT possui cerca de US$ 30 bilhões sob gestão, investindo em mais de 9 mil empresas do mundo todo, englobando mercados desenvolvidos e emergentes.

Além de empresas em países desenvolvidos, o WRLD11 conta também, em seu portifólio, com empresas de países emergentes com poder de crescimento nos próximos anos.
O chamado efeito “Cauda Longa”.

 

ETF de renda fixa

LFTS11

Esse ETF acompanha a performance de títulos públicos pós fixados ligados a Selic com duration acima de 2 anos. Assim, o retorno tende a ser mais elevado que a taxa DI, que costuma ficar pouco abaixo da Selic. Outro aspecto importante do LFTS11 é que ele não possui vencimento definido.  No caso desse ETF, há a rolagem automática dos títulos, diferentemente do que ocorre se o investidor comprar um título individual no Tesouro Direto, que trará um prazo de vencimento e fará com que o investidor tenha que reinvestir frequentemente seu capital. Com isso, no LFTS11 o reinvestimento ocorre automaticamente pela gestora, sem que o investidor final precise se preocupar em gerenciar diferentes prazos.

 

Neste artigo, você descobriu como investir o seu décimo terceiro salário a fim de construir patrimônio e ter mais tranquilidade financeira. Agora, basta colocar as dicas em prática para utilizar melhor o seu dinheiro, pensando no futuro!

Quer saber onde encontrar os ETFs para a sua carteira de investimentos? Acesse o Portal Investo e conheça as modalidades disponíveis na bolsa de valores!

Marcações

  • aonde investir
  • como investir dinheiro e ter lucro
  • como investir meu dinheiro
  • décimo terceiro como funciona
  • decimo terceiro o que é
  • décimo terceiro salário
  • onde investir dinheiro
  • qual valor décimo terceiro